10 de set de 2014

Verdade Seja Dita

Olá, gente atitude!

Precisei dar um tempinho, mas estou voltando a atualizar o blog. 
Grata a todos pelas visitas e comentários mesmo em minha ausência.

Neste post, quero falar um pouquinho sobre o texto a seguir. 
Já deveria tê-lo feito, mas como me ausentei logo em seguida ao ocorrido, deixei para a volta.

Há pouco tempo atrás, eu estava dando uma pesquisada por aí e me deparei com um texto de minha autoria em várias páginas de um mesmo blogueiro, sem os meus créditos. 
Reclamei educadamente como deve ser feito a princípio e desta vez tive a sorte de ser atendida e o texto foi imediatamente retirado das páginas. 
Alguns blogs ele até preferiu deletar. Não era necessário, mas enfim...

Pois bem, nesta pesquisa, me deparo com o mesmo texto fazendo a abertura de um blog escolar, mas com os devidos créditos. 

É um blog que há tempos não o atualizam e talvez nem vejam o agradecimento que deixei la e muito menos este post.  Porém faço questão, desta vez, de deixar aqui registrada a minha homenagem e agradecimento por este e por todos os demais textos que encontrei corretamente publicados por aí! 
Muito obrigada!

Quem me acompanhou no antigo blog da Lu, sabe do problema sério que enfrentei com o plágio de alguns textos, principalmente o conto: "Páginas da Vida Real". Texto de número 2 em Fatos e Fictícios.

Eu fiz um grande alarme sim. E tive o apoio dos amigos que se solidarizaram, pois não achamos justo nos roubarem as criações sem o menor peso na consciência e ainda ignorar como se não fosse nada de mais.  Isso tem acontecido muito em nossa blogosfera e sem dúvidas nos decepciona e torna exaustiva a nossa luta contra o plágio. E quando é feito de forma correta, ficamos muito felizes e gratos. 

Neste blog, costumo publicar lindas obras de amigos com a única intenção de partilhar uma boa leitura. E se gostei do que li, não me custa nada respeitar os direitos autorais trazendo os créditos junto ao texto. 
Se um texto não possui os créditos logo abaixo ou de forma legível, também não custa nada procurar saber sobre a autoria do mesmo, antes de copiar. Até porque há autores blogueiros que exigem a prévia autorização para que se publique as suas criações e isto, também deve ser totalmente respeitado. 

 É preciso convencer-se de uma vez por todas que plágio é crime. E que quando se copia algo, isto precisa ser levado em consideração. 
Precisa ser rigorosamente respeitado para que quem criou a obra, não seja confundido tristemente com um plagiador. Pois isto acontece por aí o tempo todo. Será que é justo?! Afinal, se o leitor ler um determinado texto em mais de um blog sem os devidos créditos, ele não tem que adivinhar autoria alguma, certo?

Tá! Eu sou exagerada mesmo. Mas enfim, se um dia falei contra o que tanto abomino, e sou capaz de repetir quantas vezes for necessário,  hoje falo em favor de quem sabe ser justo não escondendo (português claro) de seus leitores, os verdadeiros autores dos textos em suas publicações. E para estes, tiro o meu chapéu e deixo aqui a minha singela homenagem.
Bonito quando se tem consciência e sobretudo respeito à obra alheia e eu aplaudo de pé.

O texto em questão:
Somos de tudo um pouco

"Nessa vida confusa 

Somos palavras incertas 
Somos caminhos claros 
Somos caminhos desertos 

Nesse mundo um tanto louco 

Somos raízes, espinhos e flores 
Somos arco-íris invisíveis 
Somos todas as cores

 Somos os gritos ilegíveis

 Somos paixões e amores 
Somos cruzes vulneráveis
 Somos as curas e as dores 

Nesse mundo um tanto louco 

Somos uma mistura 
Somos certos, somos loucos 
Somos de tudo um pouco"



 (Lu Nogfer)

25 comentários:

  1. Lu, inúmeras vezes já li postagens com menção ao plágio. Infelizmente, parece-me que ainda existem muitos que se utilizam desse meio criminoso para se apropriar de textos alheios. Não consigo entender o tipo de prazer que sentem. E prejudicam, realmente, os autores, que ficam no anonimato ou, o pior, tidos como plagiadores.
    Seus versos são lindos. Somos peças de um mosaico chamado vida e, para tanto, somos muitos em um só. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Pois é Mari. Tanta abordagem sobre isso mas parece que ainda hâ muitos de ollhos vendados ou nao querem enxergar mesmo e agem de má fé e desrespeitosamente. Desta forma ficamos exaustos de tanto bater na mesma tecla. Mas desistir de falar, jamais.
      Quanto a confusao de autoria, uma amiga pessoal e blogueira , depois de tanto ser plagiada foi apontada por um leitor visitante de primeira vez, como autora de um plagio. So que a crônica era de autoria dela e nao de quem ele defendeu enganosamente. É claro que o leitor nao teve culpa embora tenha se precipitado pois é preciso muita cautela antes de qualquer julgamento. Mas tudo ficou esclarecido, porem ela, de tao decepcionada e triste, deletou o blog.
      Sao casos como este que nao nos deixam calar ou elogiar pessoas idôneas que fazem de forma correta.

      Muito obrigada, amiga.

      Beijos.

      Excluir
  2. É por isso que penso em deixar definitivamente isso aqui.
    Seu post é ótimo.
    Beijos,
    Renata

    ResponderExcluir
  3. Minha gente atitude.

    Vocês sabem que geralmente não respondo comentários a não ser alguns necessariamente. Porem, neste post, estarei respondendo a todos.

    Obrigada pela companhia.

    Um abraço forte e carinhoso desta amiga!

    ResponderExcluir
  4. @RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO

    Não deixa não, amiga. Vamos tentando combater esse mal que assola a nossa blogosfera...

    Muito obrigada!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Lu!
    Você não exagerou, seu texto é muito coerente, é preciso evidenciar todos os comportamentos antiéticos que encontrarmos, por uma questão de justiça. Vivemos num país onde a impunidade se tornou rotina, mas se todos denunciassem mesmo o pequeno delito, isso não aconteceria.
    Um lindo final de semana pra vc!

    Bíndi e Ghost

    ResponderExcluir
  6. Além de pura covardia, esse povo não sabe que quem tenta escrever poesia é o plagiador ao contrário dos poetas que tem a poesia em sua alma.
    Beijos, linda Lu.

    ResponderExcluir
  7. Tem coisas que não podemos evitar...
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  8. @Ghost e Bindi

    E verdade! Por aqui tudo se permite e é por isso que as coisas andam de mal a pior lastimavelmente.

    Muito obrigada e um lindo findi pra vocês tambem!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. @SOLIDARIEDADE

    O povo sabe das coisas, meu amigo, mas finge não saber pra justificar a covardia.

    Muito obrigada pela presença carinhosa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. @ONG ALERTA

    É verdade Lisette. E é por isto que se aproveitam achando que ficarão impunes mas nem sempre ficam.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu! Concordo plenamente contigo. O respeito é bom, não custa nada, dignifica e cabe em todo canto.

    Beijos e um ótimo domingo para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  12. Lu, fico feliz que voltaste e o texto é lindo!Realmente " somos de tudo um pouco" e durante a caminhada vamos aprendendo.
    Tenha uma abençoada semana. Bjs

    ResponderExcluir
  13. É inacreditável, mas, lamentavelmente, é um fato... Pessoas, em nome nem sei do quê e pra quê, copiam e copiam sem o menor cuidado ou descendia; é assim a coisa vai...
    Boa semana, querida!

    ResponderExcluir

  14. Oi LU,

    Estava em seu outro blog, mas vi a referência a esta publicação e vim conferi-la.
    Além de crime, o plágio é um desrespeito ao criador da obra. Acho abominável. Como em meu espaço publico somente textos de autores diversos, nunca deixo de mencioná-los. Alguns, de autoria desconhecida, que não consigo identificar a respectiva autoria, registro meu desconhecimento sobre a mesma e fico grata quando alguém me indica a correta autoria. De amigos blogueiros não publico nada sem a respectiva autorização e sempre cuido de indicar a autoria e o espaço do autor.
    Vocês que escrevem devem mesmo estar atentos e se insurgirem contra os plagiadores.

    Agora vou voltar ao seu outro blog para comentar sobre o seu texto poético.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  15. @Rosemildo Sales Furtado

    É verdade, Furtado. O respeito é tão bom! Pena que nem todos tem essa percepção.

    Obrigada, amigo!

    ResponderExcluir
  16. @Filha do Rei

    Muito obrigada Cléo. Eu também gostei de ter voltado.
    Já já temos nova postagem por aqui!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. @vendedor de ilusão

    E se não gritamos é como se apoiássemos uma atitude tão feia. Sem contar que vai crescendo feito uma bola de neve. Disseste bem:"lamentavelmente, é um fato"

    Muito bom lhe ver aqui, J.R.
    Muito obrigada pela companhia, meu querido.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. @Vera Lúcia

    Pois é, amiga...
    E são pessoas idôneas como você que nos ajudam espalhando um bom exemplo por aí. Pois quem sabe, de tanto verem como de fato se faz, se conscientizem.

    Te vi lá, também. Muito obrigada pela doce companhia, minha querida!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  19. Aplaudo todo o texto.

    Bom domingo, Lu.
    Meu beijo

    ResponderExcluir
  20. Oi Lu!
    Adorei a mensagem do formulário, a vida precisa de um pouco de acidez sim, do contrário, fica melosa (e fake) demais.
    Quando leio ou ouço falar sobre plágio a imagem que me vem de quem faz isso é única: PA-RA-SI-TA!
    Pessoa incompetente ou preguiçosa, sem talento e sem caráter que ROUBA DESCARADAMENTE o dom de outro. Crime e sem mais!
    Temos que meter a boca mesmo quando isso acontece. Eu já deixei lá na Coluna uma página EXCLUSIVA dedicada a isso, que exceto a categoria Passe Adiante, TODOS os meus textos deverão ter autorização para serem copiados e com os OBRIGATÓRIOS créditos.
    Beijos e uma abençoada quarta-feira.

    http://colunadami.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. @Coluna da Mi

    Oi Mi!

    Que bom que você gostou. Obrigada. Esta foi a primeira intenção quando este blog foi criado, pois penso que devemos levar a vida como ela de fato o é!

    Complicado essa coisa do plagio, não é verdade?
    Temos mesmo que deixar claro como deve ser feito.

    Obrigada pela companhia e pelas palavras de atitude.
    Já, já passo por lá!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  22. passei pra deixar meu protesto querida,quem assim procede, não deveria continuar publicando, onde anda as autoridades que não se manifestam sobre o plágio?
    deixo o link do selinho singelo do meu blog, um mimo pra vc! Bjs!

    http://3.bp.blogspot.com/--gvEZCeDYjA/VEWNkV_qDnI/AAAAAAAAAkk/tpFUu5Ugw00/s1600/selinhoblog.jpg

    ResponderExcluir
  23. @dinapoetisadapaz

    Obrigada pela tua manifestação minha querida.
    Pois é, não deveriam mesmo continuar postando, mas é tao difícil o controle porem não podemos calar os nossos direitos.

    Obrigada pelo selinho e assim que eu puder estarei postando no cantinho de selos.

    Beijos e uma linda noite pra você!

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo. Aqui você vai encontrar um pouco de acidez, mas tem um pouco de doçura também, como a vida. Fique a vontade para deixar o seu comentário atitude. Logo após a leitura, o mesmo será publicado.
Muito obrigada pela visita e volte o quanto desejar.
Abraços carinhosos!

Lu Nogfer (Administradora)
Contato: lu.nogfer@hotmail.com