19 de fev de 2011

Para Refletir

Um fazendeiro colecionava cavalos e só faltava uma determinada raça. Um dia ele descobriu que seu vizinho tinha este determinado cavalo. Assim, ele atazanou seu vizinho até conseguir comprá-lo. Um mês depois o cavalo adoeceu, e ele chamou o veterinário que disse:
- Bem, seu cavalo está com uma virose, é preciso tomar este medicamento durante três dias. No 3º dia eu retornarei e caso ele não esteja melhor será necessário sacrificá-lo.
Neste momento, o porco escutava a conversa.
No dia seguinte, deram o medicamento e foram embora. O porco se aproximou do cavalo e disse:
-Força amigo, levanta daí senão será sacrificado!!!.
No segundo dia, deram o medicamento e foram embora. O porco se aproximou novamente e disse:
- Vamos lá amigão, levanta senão você vai morrer! Vamos lá, eu te ajudo a levantar.

Upa! Um, dois, três...
No terceiro dia, deram o medicamento e o veterinário disse:
- Infelizmente vamos ter que sacrificá-lo amanhã, pois a virose pode contaminar os outros cavalos.
Quando foram embora, o porco se aproximou do cavalo e disse:
- Cara, é agora ou nunca! Levanta logo, upa! Coragem! Vamos, vamos! Upa! Upa! Isso, devagar! Ótimo, vamos, um, dois, três, legal, legal, agora mais depressa, vai....fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa! Upa! Você venceu campeão!!!.
Então, de repente o dono chegou, viu o cavalo correndo no campo e gritou:
- Milagre!!! O cavalo melhorou, isso merece uma festa!Vamos matar o porco!.

Pontos de Reflexão:Isso acontece com freqüência no ambiente de trabalho. Ninguém percebe qual é o funcionário que realmente tem mérito pelo sucesso, ou que está dando o suporte para que as coisas aconteçam.

Saber viver sem ser reconhecido é uma arte!

Se algum dia alguém lhe disser que seu trabalho não é o de um profissional, lembre-se: amadores construíram a Arca de Noé e profissionais o Titanic.

Procure ser uma pessoa de valor, ao invés de uma pessoa de sucesso!
(Desconheço a autoria)



4 comentários:

  1. Querida Lu,

    O contexto caem como uma luva no quotidiano do ser humano .
    Sábia lição!Amizade, força... alegria/tristeza dissipada pelo
    contraste entre a vida e a morte. Anseio pelo futuro, a esperança e amor Enquanto o moribundo luta pela vida,...inerente á sorte porém outro hino aflora o fascínio,...o sacrifício a saciadade e o prazer de outros.
    O mundo torna a realidade absurda Deslumbra a euforia, almejando inerente sorte.
    FELICIDADE.Seja feliz
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Lu lindo texto só não gostei da parte final coitado do Porco, isso acontece nas grandes empresas eu trabalhei numa grande empresa aonde os que nada faziam é que eram bem visto por chefe que nada precebiam do assunto ou seja do trabalho que era necessario fazer.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu

    Afff coitado do porquinho!rs

    Bacana esse texto porque serve de alerta pra muitos que passam por isso.sejam no trabalho,na familia,na comunidade que pertence...
    Infelizmente é mt comum o merecedor nao receber o merito e o pior é que mt gente tira proveito com isso

    Otimo texto

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito legal seu blog e otimo, e muito criativo, se depois vocês quiser olhar o meu blog e dar a sua opnião eu ficarei muito grato: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo. Aqui você vai encontrar um pouco de acidez, mas tem um pouco de doçura também, como a vida. Fique a vontade para deixar o seu comentário atitude. Logo após a leitura, o mesmo será publicado.
Muito obrigada pela visita e volte o quanto desejar.
Abraços carinhosos!

Lu Nogfer (Administradora)
Contato: lu.nogfer@hotmail.com