18 de set de 2010

Quanto vale a sua consciência?


Caro leitor

Deixo claro que apesar da ocasião, o texto não se dirige a nenhum político em especial.
Este foi só um desabafo feito por mim em solidariedade ao povo sofrido, seja no nosso país ou em qualquer lugar.

Não gosto muito de falar de política, mas a saber uma grande verdade: Promete-se muito e pouco se cumpre...
E que cada um siga a sua própria consciência. Que pense muito bem e vote quem achar que deve. Pois se for para votar sem por antes na balança, para quê votar, não é verdade? Afinal, quanto vale a sua paz de espírito e a sua consciência tranquila?


SOS URGENTE

Entre a fome e o desespero, a morte não espera
Os abutres sim...
Esperam ansiosamente e bem espertos
Podendo sempre contar com a próxima refeição
Há abutres animais e canibais por toda parte
Esperando pra dar o bote
É desumano demais com o povo sofredor e miserável
Gente sem forças pra gritar por socorro
Precisando de ajuda urgente
E os maiorais não estão nem aí
A maioria não se preocupa com nada
Não há força de vontade
Pra ver essa gente se reerguer
A riqueza invade-lhes o bolso
Enquanto a pobreza parece invadir-lhes a alma
Quanta promessa fajuta
E a tal globalização?
Essa, nem se fala!!!
Para quê tanta falsa modernidade?
Respondo-lhes:
Para nada
Ou melhor:
Para competitividade dos grandes
E dificuldades dos pequenos
Não deveria ser visto assim:
“Grandes e pequenos”
Que mundo é esse ?
Parece preconceito, mas é a realidade!
Há uma grande parte de gente esquecida
Um povo descalço,
Descamisado e desnutrido
Quanto descaso!
Onde esta a mentira?
Onde está a verdade?
Qual é o peso?
Qual é o preço?
Quanto vale o ouro?
E o que serve de alimentação,
Quanto custa!?
Globalização virou miséria para o pobre
E ganância para o rico
Meu Deus! Que mundo injusto!
Há muito o que se reverter
muitos conceitos a se rever
O povo precisa de educação...
Primeiro de alimento pra se manterem vivos.
Socorro!
É o que precisa essa gente
SOS urgente!
Por Lu Nogfer


11 comentários:

  1. Realmente Lu são muitas promessas quando se chega a realidade..cadê?

    Ai é onde percebemos que o ser humano, simplesmente preocupa-se com o "eu" o outro não importa. E se trantado de política encontramos isso as claras bem embaixo dos nossos olhos.

    otimo texto...

    bjinhus...

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu
    A politica ta uma verdadeira bagunça.nao entendo porque tanta gente se elegendo só pra tirar dinheiro do povo e no fim das contas é isso aí que se ve.tamanha desiguldade.E la ninguen faz nada!
    Qual o preço que se paga pela conciencia?
    Eu nao perco meu tempo em votar.

    Parabens menina,
    fantastico texto,nota mil pra vc.
    menina atitude.
    Abçs

    ResponderExcluir
  3. Nem sei como começar esse comentário diante de tanto descaso que vi aqui e que vejo ao redor de cada lugar que vou...não preciso sair da minha cidade para presenciar essa desigualdade toda, pois ela está tomando conta cada vez mais do nosso mundo, e é claro ninguém lá de cima, os grandes prometedores conseguem sequer dar o mínimo de atenção a isso.
    Morro de nojo qdo vejo um político ir numa favela, num lugar onde a miséria é real, morro de nojo de olhar para a cara de um político diante das suas promessas falsas.
    E saber que no desespero da fome, da falta de atendimento a saúde, educação, as pessoas acreditam que algum desses contribuirá para o alivio ao seu sofrimento.
    Faz muito tempo que não voto, se estou certa ou errada, não sei, mas para mim não importa, nunca vejo diferença para melhor na fome e miséria das pessoas que convivem com isso dia após dia.
    Nãovivo na miséria como tantos, mas o que como não é roubado dos mais necessitados como sabemos que os grandes desfrutam disso. Tive uma experiência esse ano que me fez sentir um tantinho (comparando com com o descaso que sofrem os mais necessitados, isso é tentinho), precisei de um tratamento para minha filha e não tive tempo de recorrer ao Estado antes, pois era grave, arrumei o dinheiro emprestado, fui pr SP e paguei 4 mil reais por esse tratamento, depois de vir embora (sem exito), nem sequer tive a chance de entrar na justiça para tentar reaver o dinheiro e pagar minha dívida.
    Imagina para essas pessoas que nem sequer informações tem a respeito dos seus direitos.
    Não dá para encarar numeros em urnas.
    A globalização, sem comentários, vc disse tudo na minha opinião.
    Muito bom esse tema Lu, espero que esse SOS postado aqui sirva como exemplo para muitos blogueiros e leitores, pois além de um post, encaro como uma campanha ao socorro dessa gente que ficam na esperança de amanhã ter o que comer e não ser a comida de um abutre.
    Me desculpe o tamanho do comentário, mas fico indignada com tamanho descaso e falta de consciência dos "salvadores" que tanto prometem e nada fazem.

    Um beijo e parabéns.

    ResponderExcluir
  4. O “IBGE”, sempre foi isento em suas pesquisas.
    Mas houve um tempo em que era muito difícil ter acesso a estas informações, ou a todas,
    E quando estas se tornaram de fácil acesso a todos,???
    Pois é, ficou aquela desconfiança no ar.
    Então, eu que em certo momento curtia umas férias prolongadas, {VAGABUNDO}
    Fui ver de perto como era aquilo.
    Trabalhei em duas localidades diferentes, pra que eu pude se fazer ali minha própria pesquisa,
    Hoje tenho certeza de que o “IBGE” é 100% {Cem por cento} “CONFIÁVEL”
    Então sei que a coisa já não é tão feia como já foi há pouco tempo atrás
    Porem, acredito que toda a mudança, veio pq hoje, com a informação chegando mais facilmente, com toda a tecnologia, ficou difícil pra eles esconderem tudo isso da população,
    E como fazer o povo acreditar que seriam eles,” Deputados”,” Senadores”, necessários,
    Uma vez que a coisa já não poderia mais ser escondida tão facilmente
    Isso é o motivo para q eles façam alguma coisa, pra termos a ilusão de que são úteis
    Porem acredito que se lá, no lugar deles, tivessem uns cem homens qualificados em concurso público, que o salário destes fossem vinculados ao dos demais trabalhadores
    E com termos bem definidos de tarefas a serem por eles executadas, bem como punições, para aqueles que usassem em beneficio próprio o cargo, e que estes não tivessem benefícios extras, como os que hoje tem,e que eles mesmos aprovaram,
    Já pensou o quanto sobraria para investimento, se estes mais de mil Homens,que nesta época dizem estar ali pra nos servir, e com caras e bocas tentam nos passar a Idea de serem, os anjos imprescindíveis , se eles e os tantos contratados para trabalharem nos tais gabinetes.
    Esse monte de gente batendo cabeça , embaçando, retardando coisas que teriam de ser mais rapidamente,votadas
    Acho que hoje, não teríamos miséria,
    Nem nos sentiríamos miseráveis, por saber que a mudança principal pra que tudo aconteça mais rapidamente, não acontecera,
    Uma vez que eles não votariam no fim da existência deste sistema,
    Afinal , qual o Mane que não quer ser chamado se excelência
    Ainda que o povo o saiba como alguém que mereça ser chamado de nomes
    menos pomposos.
    E viva os olhos que hj podem e ver melhor
    E já que não podemos extinguir esta praga.
    Vamos tornar difícil a vida mole que hj a maioria deles tem
    Sei que fica mais difícil encontra ruins em meio tanta gente
    Mas ,não podemos parar.
    É tudo o que eles gostariam
    Cara .desculpa1
    Fugi do texto.
    Te acho fera!
    Sidney

    ResponderExcluir
  5. Nossa amiga!O seu texto ta barbaro!Uma boa dose de consciencia que mts deveriam passar por aqui e ler.
    Eu nem precisava falar pq os comentarios acima ja disseram tudo por mim mas eu fico tao indignada que nao da pra calar!
    E essa bendita globalizaçao que só beneficia os ricos!É apenas enganaçao pensando que pobre é besta!

    Eu ainda nao voto aqui ,acostmei em justificar meu voto mas é o melhor que eu faço pra nao me senti compactuando com essa cambada que so sabem prometer,e como diz a musica:e o rico cada vez fica mais rico,e o pobre cada vez fica mais pobre...
    Sabe o que deveria acontecer?chegar no dia nao ter eleitores ou entao aderirem o voto em branco ai eu so queria ver!Mas parece que tem mt gente satisfeita com essa bagunça de politica!Tem gente que ainda cai nas lábias de muitos espertos por aí!Encontram com agente,dao tapinhas nas costas,aperto de mao,sorrisinhos,tudo falso,depois da eleiçao eles desaparecem do nosso bairro pobre!É melhor eu parar pq esse assunto da pano pra manga!
    O post foi uma otima atitude amiga e o texto nem se fala!E como disse o sidney,vc é fera garota!

    Beijao

    ResponderExcluir
  6. Lu
    Voce foi feliz em seu texto.
    Tenho muitas coisas para comentar, mas vou dizer que tem hora que não quero que este povo fique decepcionado.
    Trabalhei na zona rural onde todos os meus alunos recebiam bolsa escola. Suas casas tinham de tudo: trocaram o fogão a lenha pelo fogão a gaz e o rádio pelo dvd e um som ultimo tipo.E uma TV que nem tenho de tão grande
    Aparentemente não há pobreza, mas o que será do futuro destas crianças, os jovens de daqui a pouco tempo que não aprenderam a trabalhar?
    E alguns já estão procurando as drogas para conservar a classe que estão.
    Há é dificil de comentar!

    Estou doida de saudade mas ficar na casa das tia não é elegante ir pra lan house.
    Então tive que escolher. Mas todos os dias me dava uma coceirinha de fugir, mas e as tias poderiam não gostar!
    com carinho cheio de saudade e de agradecimento pelas lindas palavras de voces
    a amiga diaria MOnica

    ResponderExcluir
  7. "Se você diz vem às quatro da tarde, desde às três eu começarei a ser feliz."

    (Antoine de Saint-Exupery).

    ResponderExcluir
  8. Lu,
    Muito Obrigado pelo carinho e amizade
    Lindo texo, vou voltar c mais tempo.
    tb. tive saudades de você.
    Beijão

    ResponderExcluir
  9. estou com vc, sou atitude, olha só adorei seu espaço viu aki te leio te sigo e te persigo!!
    com carinho
    Hana

    ResponderExcluir
  10. Nossa Lu, que GRANDE ATITUDE você ousou....
    A política teve, tem e continuará neste precipício interminável....as gerações futuras tem que revolucionar estas mentes.
    Bjs, você é genial.

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo. Aqui você vai encontrar um pouco de acidez, mas tem um pouco de doçura também, como a vida. Fique a vontade para deixar o seu comentário atitude. Logo após a leitura, o mesmo será publicado.
Muito obrigada pela visita e volte o quanto desejar.
Abraços carinhosos!

Lu Nogfer (Administradora)
Contato: lu.nogfer@hotmail.com