8 de out de 2015

Saudades Eternas.

Não direi adeus, Lina. Até um dia...

Apenas a matéria volta à terra. A alma vive para sempre.


19 comentários:

  1. Verdade, chorar ajuda a aliviar a dor, pois "deixar ir" é mesmo muito difícil!
    Abraços e tenhas um bom dia amiga Lu!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada amiga Ivone.
      4 anos numa cama nao foi nada facil pra minha sogra e quem cuida sofre junto. O mais confortante nestas horas de partida é saber que o sofrimento dela cessou.
      Abraços.

      Excluir
  2. Minha doce amiga.
    Imagino o quanto esta sendo difícil pra vc e pro Lula a Lina ter partido mas o fato é que ela viveu o tempo certo que devia ter vivido e vcs foram guerreiros cumprindo a grande missao de cuida-la ate o final. E veja bem:
    Há muitas coisas difíceis de se aceitar, mas acho que a morte é a pior delas. Deus não pede que "sejamos fortes", que "procuremos esquecer", que "não choremos", pois Ele mesmo sentiu todas essas coisas. Diante do túmulo de Lázaro, Jesus chorou, demonstrando que o sentimento de tristeza é bem apropriado para o ser humano.
    Portanto não tente lutar contra seus sentimentos, simplesmente aceite que tudo vem de Deus. Se quiser chorar, chore; se quiser ficar triste, fique triste, não há nada de errado nisso. Mas, como fizeram Marta e Maria recorra a Deus e ele confortará o teu coração. E lembre se: vai passar com tudo passa.
    Abraço confortante e meus sinceros sentimentos.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigada pelas palavras amiga. De verdade...
    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Um momento difícil , mas Deus sabe a hora da partida de cada um de nós. Agora o sofrimento dela acabou e você cumpriu o seu papel com muito amor, certamente. Que Deus lhe de força.
    Um abraço.Élys

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigada amigo!
    É uma dor absurda mas a mesma força que Deus me deu para cuidar dela, tem me concedido para suportar essa perda pois ja era tempo de cessar o sofrimento.
    Sim, Deus sabe o tempo certo para todos nós.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  6. Queridos leitores amigos.
    Os comentários não estão sendo moderados nesta postagem pois quase não tenho acessado a internet a não ser para agradecer pelas confortantes palavras.

    Grata a todos e forte abraço.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu,

    Sinto por sua perda.
    Agora ela está sem sofrimentos, em outro plano, e o reencontro acontecerá um dia.
    Ficam as boas lembranças e a doce saudade.
    Fiquem bem!

    Beijo.

    ResponderExcluir
  8. É verdade Vera, a certeza do reencontro é que conforta o coração nestes momentos.
    Obrigada, amiga.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  9. Lu, ainda hoje comentava com um amigo que não entendia porque meu pai sofreu tantos anos na cama. A morte vem como uma libertação. Mesmo assim, o coração fica apertado e dói. As lembranças não se apagarão, mas ela, certamente, descansa em paz. Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Mari, eu tambem fiz muitas vezes esta pergunta com relação à Lina. Mas só Deus sabe o porquê de tudo. E é verdade, apesar da dor que sentimos, o mais importante é a libertação é o descanso do nosso ente querido.
    Obrigada pelas palavras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Luzinha !
    Esse post me comoveu. Não sei se cheguei a comentar, mais minha irmã faleceu tem 5 meses. Ela tinha 27 anos, e duas doenças crônicas que agravou com uma pneumonia. Éramos eu e ela, e em nossas mentes, na minha em especial, acreditava sempre numa solução divina, que tudo aquilo passaria. De fato passou, mas ela esta num plano melhor que o nosso. A dor da saudade é imensa, dói, lembro até de uma frase que você postou aqui no ATITUDE! que dizia "saudade é amor que fica", e é.

    Ela se foi, e deixou uma linda filhinha de 5 anos, que criamos juntos. Minha sobrinha me chama de pai, e vejo nela, a extensão da minha irmã. Enfim, vida que segue amiga.

    Abraços,
    Dan.

    PS: Vc recebeu meu comentário no seu outro blog ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido Dan.
      Me desculpe a demora da resposta aqui. Como nao tenho moderado os comentários neste post só vi agora.
      Ainda bem que te respondi no Google+ sobre sua irmã. E só pra reafirmar o que disse la, Deus sabe o que faz não é verdade!? Sua irma descansou e parabens a você pela bonita atitude de cuidar de sua sobrinha.
      Sim meu amigo é vida que segue e com o tempo só ficará a saudade . Que Deus nos conforte cada dia mais.
      Forte abraço.

      Ps. Sim eu recebi. Muito obrigada pelas palavras e pelo carinho.

      Excluir
  12. Gostaria de partilhar contigo a postagem que publiquei ontem, dia 01/12/15, no meu blog A CASA DA MARIQUINHAS/, que assinala o meu regresso à blogosfera.
    Desde já o meu “Bem hajas!”
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    PS – Desculpa o “copy & paste”

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Mariazita.
      Com atraso mas vou passar la.
      Bom regresso.

      Beijos

      Excluir
  13. Un felice Natale a te e alle persone a te care.

    ResponderExcluir
  14. Muito obrigada Giancarlo.

    Grata pela companhia e tudo de bom pra você.


    ResponderExcluir
  15. Olá Lu,
    Passei para desejar a você um bom final de semana, em que pese ela já esteja na sua metade (quarta-feira).
    Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Muito obrigada Pedro.
    Ótimo final de semana pra você tambem.
    Abraços

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo. Aqui você vai encontrar um pouco de acidez, mas tem um pouco de doçura também, como a vida. Fique a vontade para deixar o seu comentário atitude. Logo após a leitura, o mesmo será publicado.
Muito obrigada pela visita e volte o quanto desejar.
Abraços carinhosos!

Lu Nogfer (Administradora)
Contato: lu.nogfer@hotmail.com