18 de abr de 2015

Travessia

 "As vezes é preciso ter coragem...
 [sempre é preciso...]
Enfrentar o medo da areia movediça.
Subir o morro mesmo sabendo que o meio é escorregadio.
Dar um mergulho profundo , mesmo estando a água cortante de fria.
Atravessar as ondas , mesmo sentindo forte a ventania.

As vezes é preciso correr o risco...
Tentar uma, duas, três...milhares de vezes.
Pôr as cartas na mesa.
Chegar bem perto  só pra ver o que acontece.
Bater de frente com as nossas fraquezas.
As vezes o nosso lado frágil é o que nos fortalece"

(Lu Nogfer)


 "Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar." (William Shakespeare )
Então, não tenha medo: arrisque-se! 

Andei ausente por aqui, sim, mas vou voltando devagar. Pois como alguém já disse,(não me lembro quem) o importante não é a velocidade, mas sim a direção.
Enfim, é vida que segue.

Um forte abraço em toda a gente atitude!

35 comentários:

  1. Oi amiga.
    É preciso ter coragem sim para enfrentar a vida com ela é.E eu te acho uma grande guerreira.
    Que bom que voltou a postar no Atitude.
    Adoro todos os teu blogs.

    E por falar nisso Lu, eu li em algum lugar vc respondendo a alguem sobre a dificuldade da sua paciente( sogra )respirar e de se alimentar mesmo com alimentos já pastosos.
    Talvez nao vá demorar muito para o médico sugerir fazer a traqueostomia, um orifício na região da garganta para facilitar a respiração. E talvez tambem sugira a indução da alimentaçao por sonda.
    Meu tio que sofreu acv ha dois anos ja esta tendo que passar por este procedimento. Talvez nao seja ainda o caso da Lina, mas fica um alerta.
    E nao se preocupe que voces terão a ajuda de uma enfermeira mais próxima para manutenção semanal com limpeza e etc...
    Bom pelo menos a minha tia recebe a visita da enfermeira do bairro dela uma vez por semana. Se isso nao acontecer, corre atras pq é o direito do paciente de qualquer convenio. E qualquer coisa pode entrar em contato amiga. Como vc mesmo disse, enfim é vida que segue. E Deus está sempre na direção.
    Vou te mandar o novo numero porque perdi o antigo celular na viagem. Vou enviar num novo comentario é so vc nao publicar.
    Beijos e fique Deus todos aí.

    ResponderExcluir
  2. @Marcia

    Pois é amiga. Após três anos e meio, acamada, a Lina entra num estágio muito complicado da doença.
    Na verdade, com o tempo mais fresco, ela até teve uma certa melhora mas não tão significativa.
    E não está internada mas com a dificuldade de se alimentar e respirar, a médica dela, já sugeriu procedimentos os quais você citou. Mas o Lula não permitiu ainda. Esta difícil dele como filho aceitar ver a mãe induzida em procedimentos artificiais. A médica o entendeu, mas foi irredutível e firme, deixando claro que haverá um momento próximo que não poderá mais adiar este processo ou então será pior para a paciente.
    Enfim, o único jeito e colocar nas mãos de Deus. Minha fé é enorme e sei que Ele está no controle de tudo.

    Muito obrigada pelas palavras e pela força, minha querida!
    Tentei te ligar para dar notícias mas não consegui. Agora com o outro numero, eu ligo.

    Um beijo grande e fique com Deus, todos aí também. E melhoras ao seu tio.

    ResponderExcluir
  3. Lu Nogfer, podemos sempre enfrentar o medo. Aqui diz-se: "o medo é que guarda a vinha", o quer dizer que, é sempre preciso ter medo para, estarmos prevenidos para caminhar em frente cautelosos mas resolutos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Medo!
    Tantas vezes ele é só cuidado.
    Mas sem duvidas, e dele que surge a coragem.
    Mas é absolutamente necessário ter medo.
    Pior é o destemor, quase sempre inconsequente.
    Me lembrei daquele música.
    Sera que se lembra?
    Beto Guedes -Fernando Brant

    O medo de amar é o medo de ser
    Livre para o que der e vier
    Livre para sempre estar onde o justo estiver

    O medo de amar é o medo de ter
    de a todo momento escolher
    com acerto e precisão
    A melhor direção

    O sol levantou mais cedo e quis
    em nossa casa fechada entrar
    pra ficar

    O medo de amar é não arriscar
    Esperando que façam por nós
    O que é nosso dever
    Recusar o poder

    O sol levantou mais cedo e cegou
    O medo nos olhos de quem
    foi ver tanta luz

    ResponderExcluir
  5. Ao longo da vida quantas travessias bem difíceis temos de fazer, mas o importante é nunca desistirmos de alcançar o nosso "porto de abrigo".
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  6. @Zeroglota


    Eu não havia lhe visto aqui, Sidney. Muito obrigada pela visita e pelas palavras sempre tão acertadas.
    Muito bonita a música.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Precisamos enfrentar os nossos medos, sempre.
    Belíssimo poema, Lu.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. Precisamos enfrentar os nossos medo, mas sempre, eu creio, usando o coração em equilíbrio com a razão.
    Beijos, Élys.

    ResponderExcluir
  9. Quando olhamos para trás percebemos que muitas de nossas vitórias nos chegaram quando enfrentamos o medo e arriscamos. Ele pode ser saudável antes de uma decisão, levando-nos a refletir sobre consequências de atos e de nossa capacidade para enfrentá-las. Bjs.

    ResponderExcluir

  10. Oi Lu,

    O medo levanta muralhas se nos deixamos dominar por ele, muralhas que nos impedem de extrair o melhor da vida e das oportunidades que ela nos oferece. Claro que não se fala aqui do medo natural, ditado pelo instinto de conservação. Este, sim, é saudável, pois nos preserva de perigos iminentes.
    Ousar, enfrentando as nossas fraquezas, é abrir caminho para muitos aprendizados.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Dona moça! kkk O que faço? Tô criando coragem para comentar, é preciso ter coragem, né não? kkkkk

    Pronto tõ cheio de coragem! kkkkkkk

    Realmente, quem não arrisca não petisca, diz o adágio popular! kkk

    Seu texto é muito inteligente, muito bem feito e aguça o debate de que é preciso arriscar, é preciso ir em frente, se houver pedras no arriscar, não é empecilho e sim aprendizados...

    Melhor arriscar, tentar do que viver sem cores ou cheiros né não? kkkkk

    O Sibarita

    ResponderExcluir
  12. Ola Lu,
    lembrei da canção de Raul seixas:
    Tente Outra Vez
    Raul Seixas
    Veja!
    Não diga que a canção
    Está perdida
    Tenha fé em Deus
    Tenha fé na vida
    Tente outra vez!

    Beba! (Beba!)
    Pois a água viva
    Ainda tá na fonte
    (Tente outra vez!)
    Você tem dois pés
    Para cruzar a ponte
    Nada acabou!
    Não! Não! Não!

    Essa frase:o importante não é a velocidade, mas sim a direção.
    É um poema De Edson Marques que diz:
    Mude

    Mas comece devagar, porque a direção
    é mais importante que a velocidade.
    Mude de caminho, ande por outras ruas,
    observando os lugares por onde você passa.
    Veja o mundo de outras perspectivas.
    Descubra novos horizontes.

    Não faça do hábito um estilo de vida.

    Ame a novidade.
    Tente o novo todo dia.
    O novo lado, o novo método, o novo sabor,
    o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
    Busque novos amigos, tente novos amores.
    Faça novas relações.
    Experimente a gostosura da surpresa.
    Troque esse monte de medo por um pouco de vida.
    Ame muito, cada vez mais, e de modos diferentes.
    Troque de bolsa, de carteira, de malas, de atitude.

    Mude.
    Dê uma chance ao inesperado.
    Abrace a gostosura da Surpresa.

    Sonhe só o sonho certo e realize-o todo dia.

    Lembre-se de que a Vida é uma só,
    e decida-se por arrumar um outro emprego,
    uma nova ocupação, um trabalho mais prazeroso,
    mais digno, mais humano.
    Abra seu coração de dentro para fora.

    Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as.

    Exagere na criatividade.
    E aproveite para fazer uma viagem longa,
    se possível sem destino.
    Experimente coisas diferentes, troque novamente.
    Mude, de novo.
    Experimente outra vez.
    Você conhecerá coisas melhores e coisas piores,
    mas não é isso o que importa.
    O mais importante é a mudança,
    o movimento, a energia, o entusiasmo.

    Só o que está morto não muda!
    Edson Marques

    Beijos e otimo final de semana

    ResponderExcluir
  13. Oi tia,tudo bem? sou neta da Célia e sabe o que vim fazer aqui?
    Te convidar a ir na minha festinha,uma em meu blog que Yasmin preparou com a vovó,ou será vovó com Yasmin e a outra adivinhas? No salão de festa da ilha,sim a minha tia festeira fez um festão pra mim,tô tão feliz!..Mas ficarei mais feliz se vc fosse.
    Bjsss e tem um mimo lindinho que ela fez. Te aguardo nas duas festinhas tá?

    ResponderExcluir
  14. Caros amigos,

    Estarei respondendo a todos neste post.
    Logo, logo estarei fazendo uma postagem para falar sobre respostas aos comentários.

    Forte abraço em todos e desde já, muito obrigada!

    ResponderExcluir
  15. @Daniel Costa

    Um verdadeiro proverbio, Daniel. Por vezes, o medo é um freio a determinadas atitudes.
    Obrigada pela opinião.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. @Zeroglota

    Sidney,
    Desculpe a resposta pela metade num momento corrido.

    É verdade, o destemor, quase sempre é inconsequente. É nessas horas que o medo nos é necessário.

    Como disse, a música é linda! E eu me lembro que a mesma foi-me apresentada por você em uma de suas postagens. Antes, eu não a conhecia.

    Mais uma vez, muito obrigada pelas palavras e seja muito bem-vindo de volta, moço. Tua presença faz muita falta em nossa Blogosfera.
    Beijos com o carinho de sempre.

    ResponderExcluir
  17. @Maria Rodrigues

    É verdade, amiga. É imprescindível não desistir já que se sabe que a chegada é certa.
    Muito obrigada pela opinião.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. @ॐ Shirley ॐ

    Pois é. Se não tivermos coragem de enfrentar o medo, o mesmo nos interdita em algumas situações.
    Muito obrigada, pela opinião amiga e bem-vinda sempre!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. @Élys

    O equilíbrio é um fator de suma importância para qualquer situação. Ainda mais para enfrentar o medo.
    Muito obrigada pela opinião, amigo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. @MARILENE

    Você tem razão. Muitas de nossas vitórias estão ligadas ao medo e a coragem. E tudo é uma questão de sabermos equilibrar.
    Muito obrigada pela opinião, amiga.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  21. @Vera Lúcia

    "O medo levanta muralhas se nos deixamos dominar por ele..."
    "Ousar, enfrentando as nossas fraquezas, é abrir caminho para muitos aprendizados."

    Duas frases muito verdadeiras e pra levar pra vida!

    Muito obrigada pela opinião, amiga!
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. @O Sibarita

    Coragem, seu moço!O medo de comentar aqui é proibido,viste?rs

    Seu comentário é sempre muito bem vindo meu querido amigo.
    Muito obrigada, viu!
    E Sim. Devemos tentar sempre, sempre, sempre...

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. @Bandys

    Muito bonita essa canção do Raul Seixas e super encorajadora.
    Quanto a frase, muito obrigada por me lembrar a autoria.
    A mensagem de Edson Marques é linda. A tenho postada por aqui, em vídeo na voz de Pedro Bial. Só não sei em qual marcador pois faz bastante tempo. Se eu encontrar eu deixo aqui o link.
    No inicio não sabia que era dele, pois no programa Mais Você, fiquei sabendo que era de Clarice Lispector. Só depois que o Atitude foi seguido pelo Edson, fui retribuir a visita dele e vi que a mensagem era de sua autoria. Logo em seguida, corrigi os créditos.
    Mas tem muita coisa boa por aí com créditos alterados.

    Muito obrigada, amiga!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  24. @Evellyn Lima

    Oi, princesinha!
    Já passei em tua linda festa de primeiro aninho.
    Obrigada pelo convite e parabéns!
    Beijinhos pra voxê!

    ResponderExcluir
  25. Olá, Lu!
    Lindo: "bater de frente com as nossas fraquezas" - saber levar-nos ao limite, para além das forças, em busca da meta.
    bjn amg

    ResponderExcluir
  26. @Carmem Grinheiro

    De fato precisamos ir ao limite e por vezes ultrapassa-lo para chegar aonde queremos.
    Muito obrigada pela opinião, amiga.
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  27. Oi tia obrigada pela atenção em responder aqui nesse espaço, Juro que pensei que ñ me responderia. Obrigada!Mas tbm, vim te agradecer por ter ido as festinhas,a que a tia Lindalva preparou pra mim estava linda né?
    Ficou mais linda com a sua presença.
    Obrigada por ter ido,em meu blog postei as fotinhos da festinha real,se vc quiser ver como foi...Passa lá tá?
    Ficarei contente.
    Bjsss

    ResponderExcluir
  28. Boa noite, Lu. O medo quando em demasia nos atrapalha bastante gerando tantas dúvidas e pesadelos fazendo muito mal.
    Quando temos um medo natural, ele serve como um freio, uma verdadeira salvação.
    Bem bonito.
    Tenha uma noite de paz.
    Beijos na alma.

    ResponderExcluir
  29. @Patrícia Pinna
    Verdade, Patrícia. O medo é uma necessidade que precisa ser muito bem equilibrado com a coragem.
    Muito obrigada pela opinião.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  30. "Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com frequência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar." (William Shakespeare )
    Então, não tenha medo: arrisque-se!


    Bom dia Lu, querida menina das palavras acolhedoras! Tudo o que você citou veio em direção a minha alma tão atribulada por diversos acontecimentos. Suas letras fazem-me refletir diante de alguma coisas que devem ser urgentemente mudadas. Minha irmã de 26 anos, está internada 3 meses devido a um problema que ela tem no figado chamado "colangite esclerosante", no qual terá que fazer transplante. Essa luta já dura 10 anos, a agravou com outra enfermidade chamada retocolite ulcerativa, e algums bactérias nos outros orgãos. A filha dele de 4 anos, esta morando comigo, uns 4 meses, me chama de pai. Nessas horas, além de meu pai também estar ruim, e minha mãe se esforçando para ficar com minha irmã no hospital, vejo o quanto tenho que ser forte, por mais que a tristeza me assombre dia a apos dia. Mas eu consigo. Ufa ! rs

    Beijos amiga!
    Dan.
    http://gagopoetico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  31. @Daniel Andre

    Olá meu amigo!Que saudade!

    Nossa Dan!Que luta, hein meu amigo! Não deve estar sendo mesmo nada fácil pra vocês da família. Sei o que é isso. A gente, por vezes, se sente tão fragilizado por não poder fazer muito coisa que mude o quadro de uma pessoa no leito de dor, pois só Deus pode.
    Minha sogra também não anda nada bem! Pois, por mais que cuidemos, tem aparecido muitas complicações no auge da doença. Mas sabe Dan, quando temos Deus para nos guiar e nos dar forças, não há barreiras intransponíveis.
    Há um versículo muito interessante que refrigera a nossa alma nestes momentos atribulados. Foram palavras de Jesus a Pedro durante a sua passagem na terra, mas que hoje podem ser para qualquer um de nós. E quando você não entender o porquê das coisas, lembre-se dessas palavras: "o que eu faço, não o sabes tu agora, mas tu o saberás depois"(João 13:7)
    Você é forte sim. Somos fortes, meu amigo. E pelo o que sinto, é um grande irmão, pois o que está ao seu alcance, você já está fazendo e Deus se agrada disso. Confie, resista, tenha muita fé!
    Obrigada por vir e deixar suas palavras.
    Grata pelo carinho.

    Grande beijo, querido amigo!

    ResponderExcluir
  32. Oi Lu,
    Você está me surpreendendo com suas prosas poéticas.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  33. Belas palavras de incentivo!
    Precisamos arriscar, se não, a vida seria preto e branco.
    beijos.

    ResponderExcluir
  34. Lu passei para desejar um bom fim de semana e deixar um beijinho.
    Maria

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo. Aqui você vai encontrar um pouco de acidez, mas tem um pouco de doçura também, como a vida. Fique a vontade para deixar o seu comentário atitude. Logo após a leitura, o mesmo será publicado.
Muito obrigada pela visita e volte o quanto desejar.
Abraços carinhosos!

Lu Nogfer (Administradora)
Contato: lu.nogfer@hotmail.com