7 de set de 2010

Salve , Salve!!!


Olá pessoal!

Aproveitando que hoje é dia 7 de Setembro, "Dia da Independência do Brasil"...
(Aliás, ainda tenho duvidas dessa independência mas deixa pra lá)
Quero deixar aqui um texto que recebi por email de um querido amigo e parceiro aqui do blog!
Na verdade, foi um comentário que fiz em seu espaço:Zeroglota, então ele gostou e me mandou pelo email, dando-me a ideia de postar!
Acho até que ele pensou que eu havia esquecido mas eu só estava esperando uma oportunidade!

Quero agradecê-lo imensamente por esse carinho e dizer que a alteração feita foi apenas, para que o comentário ficasse com cara de texto!
É isso...

Deixo claro que não é uma crítica é sim uma observação!

"O hino nacional tem uma linda melodia...
É tão amado...
Mas quem é que sabe o que significa:
Plácidas,retumbante,fúlgidos entre outras...
E antigamente, os professores faziam-nos decorar sem saber o menor significado de nada!
Todos os dias eram feitas filas para entrada na sala e faziam-nos colocar a mão no peito e cantar com entusiasmo o grande hino...
Mas era como se cantássemos em outra língua!
E a professora nunca o escreveu no quadro para falar a respeito deste e de suas palavras tão complicadas!
Só a ouvíamos todos os dias dizer que queria todo decorado ate o dia seguinte!
Embora tão complicado de entender, convenhamos que o hino tem realmente uma letra linda e rica...
Mas, o que adianta???
Se os filhos deste solo gritam miseravelmente em brado retumbante e infelizmente não são ouvidos!
E tentam conquistar com braço forte um salário de fome porque afinal nem todos nasceram em berço esplêndido.
E ainda assim cantam:
"Ó pátria amada, idolatrada, salve, salve...!"
Ainda bem que há tantos gigantes pela própria natureza...
E Salve-se quem puder!
...

Em um pais que tem uma cultura totalmente despreocupante de falar tudo corretinho, que se saber o significado das difíceis palavras e expressões pra que seja cantado da forma que é:
Tão orgulhosamente!

Por Lu Nogfer


HINO NACIONAL
Letra: Joaquim Osório Duque Estrada
Música: Francisco Manuel da Silva

I

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
(As margens pacíficas do Ipiranga ouviram)
De um povo heróico o brado retumbante,
(O grito de um povo heróico que, ao longe, pôde ser ouvido)
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
(E o sol da liberdade, com raios que brilhavam muito)
Brilhou no céu da pátria nesse instante.
(Brilhou no céu do Brasil naquele momento.)
E o penhor desta igualdade
(Se a garantia dessa igualdade)
Conseguimos conquistar com braço forte.
(Conseguimos conquistar com nossas próprias mãos,)
Em teu seio, ó liberdade,
(Por você, que nos deu a liberdade,)
Desafia o nosso peito a própria morte!
(Nosso peito desafia a própria morte!)
Ó pátria amada,
(Ó, país amado,)
Idolatrada,
(Idolatrado,)
Salve! Salve!
(Que você seja abençoado)
Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
(Brasil, se a imagem do Cruzeiro do Sul)
De amor e de esperança à terra desce,
(Brilha tanto no teu céu transparente e alegre,)
Se em teu formoso céu, risonho e límpido
(Um sonho intenso, um raio maravilhoso de amor e de esperança)
A imagem do cruzeiro resplandece.
(Desce até a Terra.)
Gigante pela própria natureza,
(A própria natureza te fez tão grande,)
És belo, és forte, impávido colosso,
(Você é belo, é forte, gigante sem medo)
E o teu futuro espelha essa grandeza.
(E no teu futuro continuará a ser grande.)
Terra adorada,
(Terra que amamos,)
Entre outras mil,
(Entre tantos outros,)
És tu Brasil
(Você, Brasil,)
Ó pátria amada!
(É o país que amamos.)
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
(Você é a bondosa mãe dos que nascem aqui,)
Pátria amada,
(Amada terra natal,)
Brasil!
(Brasil!)

II
Deitado eternamente em berço esplêndido
(Deitado para sempre em um berço grandioso,)
Ao som do mar, e à luz do céu profundo,
(Banhado pelo som do mar e pela luz do céu, que só aqui brilha tanto assim,)
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
(Se destaca, ó Brasil, "preciosidade"da América",)
Iluminado ao sol do novo mundo!
(Banhado pelo sol que ilumina os novos continentes.)
Do que a terra mais garrida,
(Teus alegres e lindos campos,)
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
(Têm mais flores do que a terra mais produtiva;)
"Nossos bosques tem mais vida,"
(Assim como nossas florestas são mais belas)
"Nossa vida" no teu seio "mais amores".
(Nossa vida, quando estamos aqui, tem mais felicidade.)
Ó pátria amada,
(Ó, país amado,)
Idolatrada,
(Idolatrado,)
Salve! Salve!
(Que você seja abençoado)
Brasil, de amor eterno seja símbolo
(Brasil, que para sempre tua bandeira cheia de estrelas,)
O lábaro que ostentas estrelado
(Seja símbolo de amor eterno)
E diga o verde-louro dessa flâmula
(E que o verde-amarelo da bandeira diga)
- Paz no futuro e glória no passado.
(- Paz no futuro e honra e brilho no passado,)
Mas, se ergues da justiça a clava forte,
(Mas, se um dia você erguer sua arma da justiça em uma guerra,)
Verás que um filho teu não foge à luta,
(Vai ver que um filho teu jamais foge a uma luta,)
Nem teme, quem te adora, a própria morte.
(E quem te adora, não teme nem a própria morte)
Terra adorada,
(Terra que amamos,)
Entre outras mil,
(Entre tantos outros,)
És tu Brasil
(Você, Brasil,)
Ó pátria amada!
(É o país que amamos.)
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
(Você é a bondosa mãe dos que nascem aqui,)
Pátria amada,
(País que amamos,)
Brasil!
Fonte: http://www.clerioborges.com.br/hinonacional.html
Escritor poeta e trovador capixaba Clério José borges

3 comentários:

  1. Era porque aposentei há dois anos professora de 1a a 4a série.
    Quase Toda sexta feira colocavamos o hino para ser cantado. Todo ano explicavamos o seu significado, mas o que fica mesmo para os alunos é a paixão pela melodia, que é linda, pela comparação dos jogos do Brasil e de como os futuros jogadores precisam saber cantar esta musica que até hoje , me faz ficar comovida quando escuto.
    Infelizmente não são todos os alunos que lembrarão disto mas ficará só a dificuldade real de não entender o significado de tão linda e dificil interpretação da letra.
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga Monica!

    Voce deve ter sido uma professora exemplar!
    Que bom que na sua escola os professores explicavam as expressoes dificeis de interpretar do hino pq eu nao tive a mesma sorte!
    Me lembro que uma vez eu perguntei o significado de uma unica frase e ela me respondeu brava:qdo der eu explico agora trate de decorar o hino!
    Estava proximo ao desfile de 7 de setembro e estavamos mesmo com pouco tempo para o ensaio, talvez fosse por isso mas ela nunca explicou e eu nao tive mais coragem de perguntar entao mais tarde eu descobri palavra por palavra da frase no dicionario!

    E vc tem razao o hino é lindo e comovente!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Amiga

    Fez muito bem em atender o seu amigo
    Seus comentarios sao tao interessantes que todos poderiam ser postados!

    O nosso hino é lindo sim e eu sei de cor desde criança mas a interpretaçao veio mt tempo depois,afff heheh

    "...os filhos deste solo gritam miseravelmente em brado retumbante e infelizmente não são ouvidos!"
    É verdade, Lu!
    E as eleiçoes tao ai para prometerem em troca de votos e depois???
    E depois nada!

    Beijos Lu!

    Adorei o post

    ResponderExcluir

Seja bem-vindo. Aqui você vai encontrar um pouco de acidez, mas tem um pouco de doçura também, como a vida. Fique a vontade para deixar o seu comentário atitude. Logo após a leitura, o mesmo será publicado.
Muito obrigada pela visita e volte o quanto desejar.
Abraços carinhosos!

Lu Nogfer (Administradora)
Contato: lu.nogfer@hotmail.com